"Ficas a dever-me uma noite de arromba"

6,73 €

Descrição

Sinopse: Ficas a Dever-me Uma Noite de Arromba é uma colectânea de contos de ambiência moçambicana, com o humor corrosivo e a mestria de bem tratar a língua portuguesa, atributos singulares da prosa de António Cabrita.               

Sobre o autor: Almada, 1959. Tem uma produção muito diversificada no campo da crítica (cinema e literatura), ensino e escrita (poesia, ficção, teatro, cinema e ensaio). Últimas obras: O Mal de Ondina (romance, abysmo, 2013), Respiro (ensaio poético, Língua Morta, 2011), O branco das sombras chinesas (novela policial, com João Paulo Cotrim, Abysmo, 2011), Não se emenda a chuva (poesia, Livros de Horas, 2011), A maldição de Ondina (romance, Rio de Janeiro, LetraSelvagem, 2011), Fábulas (adaptação de estórias orais de Cabo Delgado, desenhos de Matias Ntundo, Maputo, Kapicua, 2009), Tormentas de Mandrake e de Tintin no Congo (contos, Teorema, 2008), O pastor de ventos (ficção juvenil, Trinta por uma linha, 2008), Piripiri Suite, seguido de Vision de l’Amen (poesia, Ver o Verso, 2006), Combate de flautas (poesia, & etc, 2003), Os abysmos da mão (poesia, Íman, 2001), Arte negra (antologia poética, Fenda, 2000).

Ano: 2014

Editora: Companhia das Ilhas

Colecção: Azulcobalto

Género: Ficção (Conto)

Idioma: Português

Dimensões: 11x15

Número de páginas: 48

Capa Mole