"Na luz inclinada"

7,69 €

Descrição

Uma poesia que está perto do fazer das coisas de uma certa ruralidade mas que não se deixa aprisionar pelo bucolismo. «Não se pode fugir /  com versos que carregam flores da primavera / quando o tempo enche os olhos / de insectos venenosos / sob a aparência de erva tranquila, / como a colina / onde seria bom viver, imaginamos.» (Antibucólica). Uma poesia que mergulha igualmente na memória, e que a seu modo faz com a vida, paret da vida, o seu sereno ajuste de contas.

Sobre o autor: Nuno Dempster (Ponta Delgada, 1944). Livros publicados: Uma paisagem na Web (poesia, & etc, 2013), Elegias de Cronos (poesia, Artefacto Edições, 2012), Pedro e Inês: Dolce Stil Nuovo (poesia, Edições Sempre-em-Pé, 2011), K3 (poema, & etc, 2011), Uma flor de chuva (poesia, Escola Portuguesa de Moçambique, Maputo, 2011), Londres (poema, & etc, 2010), Dispersão – Poesia reunida (Edições Sempre-em-Pé, 2008).

Ano: 2014

Editora: Companhia das Ilhas

Colecção: Azulcobalto

Género: Poesia

Idioma: Português

Dimensões: 11x152cm

Número de páginas: 64

Capa Mole