"A matriz e o canto oposto"

7,21 €

Descrição

A poética de Manuel Fernando Gonçalves, sendo exercício de lucidez, é naturalmente uma poética do sentimento vigiado pela razão, de uma profunda ambiguidade desenhada na conturbada relação do sujeito com as palavras. Uma transmutação da linguagem comum, intensificada pela ironia que pressupõe a anulação da matriz confessional, apesar do uso reiterado da primeira pessoa. Coerência, coesão temática, excelente encadeamento na construção, boa cadência, emoção concentrada, caracterizam, sobremaneira, este poeta. (Teresa Martins Marques)

Sobre o autor: Manuel Fernando Gonçalves (Bragança, 1951)
Outros títulos:
Isaac, Julho 1985
As horas certas é que me enervam, 1991
Coração Independente, 2003
A Realidade dos Factos, 2008

 

Ano: 2013

Editora: COMPANHIA DAS ILHAS

Colecção: AZULCOBALTO

Género: POESIA

Idioma: PORTUGUÊS

Dimensões: 11x15cm

Número de páginas: 68

Capa Mole