"O boato. Introdução ao pessimismo"

7,21 €

Descrição

«Uma sinopse é uma promessa eleitoral. Uma declaração de amor eterno. O candidato numa entrevista de trabalho. O agente imobiliário vendendo a casa. A candidata a Miss Mundo falando do sonho de salvar as crianças de África. É o melhor de nós, em poucas linhas – a perfeição que não resiste a algo maior do que um affair. E não há qualquer mal nisso – desde que feito entre adultos. Esta é a sinopse d’ O Boato, uma introdução ao pessimismo em 187 aforismos. Ou desaforismos. Entre Deus e um moinho de café.» (Alexandre Borges)

Sobre o autor: Escritor e argumentista, é licenciado em Filosofia e formador de Argumento. Escreveu para a televisão os documentários A Arte No Tempo da Sida, Um Homem Chamado Francisco Sá Carneiro, as séries documentais Grandes Livros, Santos de Portugal e Nós Republicanos, entre outros, e integrou as equipas responsáveis por Zapping, Equador, CQC – Caia Quem Caia ou Música Maestro. Colaborou com o Rádio Clube Português, O Inimigo Público e a revista Atlântico. Foi director do Cénico de Direito, encenador dos ACR Hipócritas, editor de cultura de A Capital e crítico de cinema do jornal I.
É autor de Dez Histórias De Amor Em Portugal (narrativa, Editorial Notícias, 2003); Heartbreak Hotel (poesia, Livramento, 2005), Todas As Viúvas De Lisboa (romance, Quetzal Editores, 2009) e Histórias Secretas De Reis Portugueses (narrativa, Casa das Letras, 2012).
Não tem carro nem facebook, anda a tentar arrancar um segundo romance que não sai e confessa que se sente o Jardel de cada vez que tem de escrever estas notas biográficas na terceira pessoa.

 

Ano: 2013

Editora: Companhia das Ilhas

Colecção: Transeatlântico

Género: Aforismo

Idioma: Português

Dimensões: 11x15cm

Número de páginas: 64

Capa Mole