Myrica Faya "Vir'ó Balho"

12,67 €

Descrição

Aquilo que inicialmente parecia ser apenas uma brincadeira descomprometida, transformou-se numa ideia sólida, uma ideia que adoptou o nome de Myrica Faya.

Cinco amigos com diferentes origens musicais decidiram centrar-se na música tradicional açoriana e na sua raiz mais profunda. Estava encontrada a matriz. A esses temas, muitos dos quais com uma riqueza melódica inebriante, juntaram-se as mais diversas influencias e estilos musicais.


Cada tema do reportório dos Myrica Faya é o resultado de um longo processo de pesquisa, desconstrução, amadurecimento e recriação. Todo este processo é uma forma de homenagear a música que faz parte da identidade cultural de cada açoriano. Por outro lado, a nova abordagem que é feita a cada tema, procura não deixar indiferente quem escuta e quem desde cedo se habituou a ouvir temas como a Charamba, a Lira , a Chamarrita ou a Saudade, apenas tocados por grupos etnográficos e de folclore, verdadeiros repositórios da nossa cultura musical.


Myrica faya é a faia-da-terra, uma árvore, uma espécie endémica dos Açores. Uma árvore que tem como raiz a música açoriana. Uma raiz que alimenta cinco ramos impulsionando a sua criatividade. Bruno Bettencourt (voz, viola-da-terra de 15 e de 12 cordas e adufe), Cláudio Oliveira (voz, baixo e acordeão), Emílio Leal (voz, piano, ukelele e baixo), Pedro Machado (voz, guitarras e flauta) e Ricardo Mourão (voz, guitarras e percussão) são os cinco elementos dos Myrica faya, os cinco ramos desta faia-da-terra que se alimenta da musicalidade que brota de cada uma das ilhas açorianas.

Myrica Faya - "Os Bravos" from MPAGDP on Vimeo.